Soluções para ciências da vida

Pergunte a um especialista

Multiplexação e imagens de tecidos profundos com microscopia de varredura a laser confocal no infravermelho próximo

Multiplexação e imagens de tecidos profundos com microscopia de varredura a laser confocal no infravermelho próximo

Este webinar aborda a multiplexação de fluorescência e imagens de tecidos profundos usando luz laser infravermelho próximo (NIR). As fontes de laser NIR podem ajudar a visualizar as estruturas biológicas de forma mais clara e com maior resolução no interior da amostra. A excitação NIR também pode permitir o uso de mais corantes fluorescentes sem sobreposição espectral.

Apresentador:

Bülent Peker, Gerente Sênior de Marketing de Produto
Rebecca Bonfig, Gerente de Produto, Microscopia Confocal

Perguntas frequentes

Perguntas frequentes dos webinares | Microscopia a laser de infravermelho próximo (NIR)

Há perda na detecção de comprimentos de onda mais baixos ao usar formação de imagem por infravermelho próximo (NIR)?

Graças ao projeto dos detectores, permanece a total disponibilidade para detectar comprimentos de onda a partir de 400 nm. Continua sendo possível coletar emissões de menor comprimento de onda nesse intervalo. Ainda temos nossos tubos fotomultiplicadores (PMTs) padrão e GaAsP, portanto, o NIR é como se fosse um complemento.

Quais são os benefícios de usar o NIR em relação à microscopia de dois fótons?

Geralmente, a microscopia de dois fótons é usada em formações de imagem de alta profundidade na parte vermelha do espectro. O NIR oferece um ponto de entrada fácil nessa aplicação de maneira econômica. Com o NIR, é possível usar microscópios confocais, não sendo necessário aceder a uma categoria diferente de sistema de microscopia. Além de ser muito mais acessível, o NIR oferece também maiores capacidades espectrais e de multiplexagem.

Para que serve a grade do holograma de fase volumétrica usada no interior do microscópio?

A grade do holograma de fase volumétrica (VPH) faz parte de nossa tecnologia TruSpectral em detectores padrão e GaAsP. Ela é usada para gerar o espectro de luz para formação de imagens espectrais. A vantagem da grade do holograma de fase volumétrica é de ser muito mais eficiente em termos de luz do que o uso de outras grades espectrais do tipo reflexão.

Devo adquirir laseres NIR com o sistema ou posso atualizar mais tarde?

Uma das grandes características deste sistema é sua modularidade, ele pode ser atualizado a qualquer momento para adição de detectores e laseres NIR.

O modo de seis detectores está disponível nas séries IX e BX?

Sim, o modo de seis detectores está disponível na série IX de microscópios invertidos e na série BX de microscópios verticais.

O FV3000 suporta outros comprimentos de onda de excitação NIR para além de 730 e 785 nm?

As linhas de laser de 730 nm e 785 nm foram cuidadosamente selecionadas como resultado da cooperação com um fabricante especializado que desenvolve laseres estáveis de alta qualidade nesses comprimentos de onda.

No entanto, existe uma porta de laser disponível para o intervalo NIR, possibilitando a personalização. Incentivamos conversas para discutir a possibilidade de usar diferentes linhas de laser. O combinador de feixe do microscópio FV3000 torna-o altamente favorável à personalização e o sistema tem revestimentos ópticos que suportam comprimentos de onda até 1600 nm, para que os usuários tenham a capacidade para rotear seus próprios laseres NIR no sistema.

É possível formar imagens de 730 e 785 nm no mesmo conjunto de imagens?

Nesse momento, não é possível formar simultaneamente imagens de 730 nm e 785 nm, mas estamos sempre trabalhando para aprimorar o sistema.

Quais são as diferenças entre os detectores GaAsP e os detectores mais novos dos concorrentes?

Não comparamos os sistemas lado a lado, mas é importante lembrar que o detector é apenas uma parte da sensibilidade de todo o sistema. Certifique-se de observar todo o caminho óptico e as ópticas acopladas, e o respectivo desempenho no intervalo NIR. Sabemos que existem vários aspectos durante o caminho da luz que aumentam a eficiência da luz no intervalo NIR e também é importante que as ópticas sejam adequadas para esse intervalo.

É possível usar uma luz laser branca com o microscópio FV3000?

Luzes laseres brancas (WLLs) não estão disponíveis no sistema FV3000. A Olympus possui um amplo intervalo de linhas de laser que permite adaptar o sistema às necessidades individuais dos usuários e a corresponder o laser com suas aplicações. Há também um fator de custo-benefício e a vantagem de todo o sistema não precisar ficar inativo em caso de problema com a WLL. Em vez disso, existem linhas de laser individuais acessíveis e fáceis de trocar.


Produtos Relacionados

Microscópio de escaneamento a laser confocal

FV3000

  • Disponível para configurações de escâner híbrido galvanômetro/ressonante (FV3000RS) ou apenas galvanômetro (FV3000)
  • Detecção TruSpectral extremamente precisa e eficiente em todos os canais
  • Otimizado para imagem de célula viva com alta sensibilidade e baixa fototoxicidade
  • Inverted and upright frame options to suit a variety of applications and sample types

Multiplexação e imagens de tecidos profundos com microscopia de varredura a laser confocal no infravermelho próximo

Loading the player…

Webinar: Multiplexing and Deep Tissue Imaging with Near-Infrared Confocal Laser Scanning Microscopy

Este webinar aborda a multiplexação de fluorescência e imagens de tecidos profundos usando luz laser infravermelho próximo (NIR). As fontes de laser NIR podem ajudar a visualizar as estruturas biológicas de forma mais clara e com maior resolução no interior da amostra. A excitação NIR também pode permitir o uso de mais corantes fluorescentes sem sobreposição espectral.

Perguntas frequentes

Perguntas frequentes dos webinares | Microscopia a laser de infravermelho próximo (NIR)

Há perda na detecção de comprimentos de onda mais baixos ao usar formação de imagem por infravermelho próximo (NIR)?

Graças ao projeto dos detectores, permanece a total disponibilidade para detectar comprimentos de onda a partir de 400 nm. Continua sendo possível coletar emissões de menor comprimento de onda nesse intervalo. Ainda temos nossos tubos fotomultiplicadores (PMTs) padrão e GaAsP, portanto, o NIR é como se fosse um complemento.

Quais são os benefícios de usar o NIR em relação à microscopia de dois fótons?

Geralmente, a microscopia de dois fótons é usada em formações de imagem de alta profundidade na parte vermelha do espectro. O NIR oferece um ponto de entrada fácil nessa aplicação de maneira econômica. Com o NIR, é possível usar microscópios confocais, não sendo necessário aceder a uma categoria diferente de sistema de microscopia. Além de ser muito mais acessível, o NIR oferece também maiores capacidades espectrais e de multiplexagem.

Para que serve a grade do holograma de fase volumétrica usada no interior do microscópio?

A grade do holograma de fase volumétrica (VPH) faz parte de nossa tecnologia TruSpectral em detectores padrão e GaAsP. Ela é usada para gerar o espectro de luz para formação de imagens espectrais. A vantagem da grade do holograma de fase volumétrica é de ser muito mais eficiente em termos de luz do que o uso de outras grades espectrais do tipo reflexão.

Devo adquirir laseres NIR com o sistema ou posso atualizar mais tarde?

Uma das grandes características deste sistema é sua modularidade, ele pode ser atualizado a qualquer momento para adição de detectores e laseres NIR.

O modo de seis detectores está disponível nas séries IX e BX?

Sim, o modo de seis detectores está disponível na série IX de microscópios invertidos e na série BX de microscópios verticais.

O FV3000 suporta outros comprimentos de onda de excitação NIR para além de 730 e 785 nm?

As linhas de laser de 730 nm e 785 nm foram cuidadosamente selecionadas como resultado da cooperação com um fabricante especializado que desenvolve laseres estáveis de alta qualidade nesses comprimentos de onda.

No entanto, existe uma porta de laser disponível para o intervalo NIR, possibilitando a personalização. Incentivamos conversas para discutir a possibilidade de usar diferentes linhas de laser. O combinador de feixe do microscópio FV3000 torna-o altamente favorável à personalização e o sistema tem revestimentos ópticos que suportam comprimentos de onda até 1600 nm, para que os usuários tenham a capacidade para rotear seus próprios laseres NIR no sistema.

É possível formar imagens de 730 e 785 nm no mesmo conjunto de imagens?

Nesse momento, não é possível formar simultaneamente imagens de 730 nm e 785 nm, mas estamos sempre trabalhando para aprimorar o sistema.

Quais são as diferenças entre os detectores GaAsP e os detectores mais novos dos concorrentes?

Não comparamos os sistemas lado a lado, mas é importante lembrar que o detector é apenas uma parte da sensibilidade de todo o sistema. Certifique-se de observar todo o caminho óptico e as ópticas acopladas, e o respectivo desempenho no intervalo NIR. Sabemos que existem vários aspectos durante o caminho da luz que aumentam a eficiência da luz no intervalo NIR e também é importante que as ópticas sejam adequadas para esse intervalo.

É possível usar uma luz laser branca com o microscópio FV3000?

Luzes laseres brancas (WLLs) não estão disponíveis no sistema FV3000. A Olympus possui um amplo intervalo de linhas de laser que permite adaptar o sistema às necessidades individuais dos usuários e a corresponder o laser com suas aplicações. Há também um fator de custo-benefício e a vantagem de todo o sistema não precisar ficar inativo em caso de problema com a WLL. Em vez disso, existem linhas de laser individuais acessíveis e fáceis de trocar.


Produtos Relacionados

Microscópio de escaneamento a laser confocal

FV3000

  • Disponível para configurações de escâner híbrido galvanômetro/ressonante (FV3000RS) ou apenas galvanômetro (FV3000)
  • Detecção TruSpectral extremamente precisa e eficiente em todos os canais
  • Otimizado para imagem de célula viva com alta sensibilidade e baixa fototoxicidade
  • Inverted and upright frame options to suit a variety of applications and sample types
Especialistas
Bülent Peker
Gerente Sênior de Marketing de Produto

Olá! Sou Bülent Peker e sou seu especialista designado em microscopia de varredura a laser. Comecei a me interessar por microscopia e fotônica durante meu doutorado em físico-química, onde trabalhei com microscopia de dois fótons resolvida no tempo e a paixão se mantêm até hoje.

Estou na Olympus há mais de 13 anos e ajudei a equipe a lançar nossos microscópios de varredura a laser de última geração no mercado. Estou particularmente fascinado pela aplicação de sistemas multifotônicos e as possibilidades de personalização dos sistemas de escanemaneto a laser. 

Rebecca Bonfig
Gerente de Produto, Microscopia Confocal

Olá! Meu nome é Rebecca Bonfig e sou gerente de produto de microscopia confocal da Olympus. Concluí meu trabalho de graduação na Universidade de Louisville no departamento de fisiologia e biofísica, estudando a regulação pós-transcricional do transportador renal de fosfato Npt2a pelo hormônio da paratireóide. Estou na Olympus desde 2015, dando suporte às linhas de produtos FLUOVIEW nos EUA, Canadá e América Latina.

Multiplexação e imagens de tecidos profundos com microscopia de varredura a laser confocal no infravermelho próximoOut 26 2021
Desculpe, esta página não está disponível em seu país
Inscreva-se para perguntar ao especialista

By clicking subscribe you are agreeing to our privacy policy which can be found here.

Sorry, this page is not
available in your country.